Delegacia Móvel Tática-Expansível

Esses veículos estão equipados com computadores de última geração, câmeras, captadores de áudios e softwares acoplados em um mastro telescópico de 12 metros de altura, capaz de integrar a base de dados das polícias Civil, Militar e Federal, além dos bombeiros e do Samu e acioná-los com mais eficiência.

 

 

MODELO OPERACIONAL 2, CUSTOMIZAÇÃO

Serviços de adaptação no semirreboque

Constituição Detalhada do Baú

 

  • Os revestimentos internos devem ser auto-extinguível;

 

  • Os ambientes devem ter Piso Paviflex ou similar;
  • Revestimento interno em isopor/ compensado naval 6mm / Fórmica Texturizada;
  • Divisórias internas com espessura de 60mm (± 10 mm);
  • Uma porta na lateral direita, com abertura para fora com sistema de fechamento similar ao das portas de residências;
  • 01 (um) Banheiro com paredes que permita a assepsia;
  • 01 (um) Exaustor;
  • 01 (uma) Janela de 300 x 150 ( L x H )
  • 02 (duas) Portas sanfonadas 840 x 2100 ( L x H )
  • 04 (quatro) colunas de aço no frontal externo para sustentar os aparelhos de ar condicionados;
  • Sistema de iluminação (luz branca) que forneça:

Banheiro 500 lux (± 50 lux)

Demais ambientes 1000 lux (± 100 lux)

Conforme NBR 5413/92.

 

Componentes Internos

Conjunto de mesas seguindo especificações:

  • 01 (uma) Mesa para 4 operadores
  • 01 (uma) Mesa para 5 operadores
  • 01 (uma) Mesa para 1 operador
  • 01 (uma) Mesa para 2 operadores;
  • 01 (um) armário para o : bebedouro, frigobar e micro-ondas;
  • 02 (dois) Cestos com tampa injetados em plástico polipropileno.

Mecanismo do pedal para abertura do cesto confeccionado em plástico resistente acompanhado de aro interno cinza para acomodação do saco de lixo 30L;

  • 01 (um) Cesto de lixo com tampa ( para copos ). Cesto injetado em plástico polipropileno.A armação e o pedal são confeccionados em aço carbono galvanizado.Medidas 490 x 600 x 740 ( C x L x H )
  • 01 (uma) pia com:

01 (uma) torneira;

01 (uma) cuba;

01 (uma) saboneteira;

  • 01 (um) armário com 900 x 510 x 730 ( C x L x H ), ou similar;

 

Mobiliário

  • Todas as peças metálicas deverão receber pré-tratamento de desengraxamento, decapagem e fosfatização, preparando a superfície para receber à pintura. Pintura epóxi-pó aplicada pelo processo de deposição eletrostática com polimerização em estufa.
  • Dimensões mínimas e máximas e posicionamento conforme projeto a ser entregue pela Proponente.
  • As dimensões exatas dos ambientes e mobiliários serão definidas na construção da unidade, em razão da melhor adequação e otimização do espaço do veículo podendo sofrer alterações durante a análise do protótipo.
  • Armários suspensos deverão ser instalados centralizados na parte mais alta interna do veículo;
  • Portas dos armários com chaves, puxadores e fechaduras em aço inox;

 

Bancada para os Operadores

  • Tampo: em madeira MDF de 25 mm de espessura, revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces.
  • Borda frontal e posterior com acabamento em perfil de PVC em T de 3 mm de espessura,
  • Bordas transversais com acabamento em fita de PVC em T 3 mm de espessura.
  • Fundo e base inferior em madeira MDF de 18 mm de espessura (mínimo), revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces laterais e 01 prateleira regulável em madeira MDF (de 25 mm de espessura revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces.
  • Acabamento das bordas em fita de PVC de 0,45 mm de espessura, sendo o acabamento da borda frontal da prateleira em fita de PVC de 0,45 mm de espessura, coladas a quente pelo sistema tipo holtmelt em todo seu perímetro.
  • Rodapé em aço com sapatas reguladoras de nível fixadas através de rebite repuxo ou sapatas reguladoras de nível encaixada e fixada na base através de parafuso permitindo a regulagem da mesma tanto na parte interna como externa do armário.
  • Bordas com acabamento em perfi de PVC em T de 3 mm de espessura, em todo seu perímetro.
  • Fechadura com travamento simultâneo superior e inferior tipo cremona.
  • As laterais, fundo, tampo e base inferior são ligadas entre si pelo sistema de parafusos bicromatizados.

 

Mesa de Apoio à sala de Operações

  • Retangular, em madeira MDF de 25 mm de espessura.
  • Revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces.
  • Borda com acabamento em perfil de PVC em T de 3 mm de espessura, em todo seu perímetro, na cor na cor cinza claro.
  • Base de apoio em aço escovado com acabamento fino, a ser fixada ao piso do veículo, no centro da sala de operações.
  • Deverá possuir em seu centro, um acesso para a passagem dos cabos de instalação dos equipamentos de videoconferência.
  • 02 (dois) conjuntos de tomadas, cabos e conectores para mesa,com suportes de contato elétrico, de rede e multimídia, a serem instalados ao centro da mesa, no sentido longitudinal as quais deverão ficar embutidos na mesa e protegidos através de tampas de alumínio fixadas na estrutura da mesa, sendo cada um composto por:
  • Tomadas: 02 (duas) tomadas 220 volts padrão brasileiro 2P+T (norma NBR 14136 – ABNT) com identificador de tensão; 01 (uma) porta LAN 10/100/1000 auto sense para conexão de usuários por fio (RJ45); 01 (uma) porta de voz (RJ11); 01 (uma) entrada de vídeo VGA; 01 (uma) entrada de vídeo HDMI; 01 (uma) entrada de áudio (P2 estéril); 02 (dois) adaptadores do padrão novo para o antigo Cabos e conectores: 01 Cabo Aúdio-Video (Resolução:728 x 576 FPS:25), 01 Cabo HDMI (Resolução:2560 x 160 e FPS:75) , 01 cabo MINI-HDMI, 01 extensão de Cabo USB e 01 vídeo componente (Resolução:1920×1080, FPS:60) . 01 Cabo VGA (Resolução:1048 x 1536 a 2560 x 1600 e FPS:60 a 85), 01 Cabo DVI (Resolução:2560 x 1600 e FPS:60)

 

Armários Suspensos (Lado Esquerdo do Veículo em frente à Copa)

  • Instalação centralizada na parte mais alta interna da sala de
  • Operações.
  • Revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces.
  • Borda frontal e posterior com acabamento em perfil de PVC em T de 3 mm de espessura, em todo seu perímetro.
  • Bordas transversais com acabamento em perfil de PVC em T de 3mm em todo seu perímetro;
  • Portas de abrir com giro de 90º (02 dobradiças em cada porta). Em madeira MDF de 18 mm de espessura, revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces.
  • Bordas com acabamento em fita de PVC de 0,45 mm de espessura, em todo seu perímetro.
  • Fechadura com travamento simultâneo superior e inferior tipo cremona.
  • Portas com chaves e puxador perfil alumínio embutido em toda extensão da porta.
  • Com 01 (uma) prateleira, em madeira MDF de 18 mm de espessura, revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces.
  • Borda frontal e posterior com acabamento em fita de PVC, colada a quente pelo sistema tipo holt-melt.

 

Armário Alto Fechado para Carregadores e HT’s (Lado Direito, da entrada do Veículo);

  • Em madeira MDF de 18 mm de espessura, revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces.
  • Borda frontal e posterior com acabamento em perfil de PVC em T de 3 mm de espessura, em todo seu perímetro.
  • Bordas transversais com acabamento em perfil de PVC em T de 3 mm de espessura, em todo seu perímetro.
  • Fundo em madeira MDF de 15 mm de espessura revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces.
  • Laterais, base inferior e prateleiras em madeira MDF de 25 mm de espessura revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces.
  • Acabamento das bordas em fita de PVC de 0,45 mm de espessura, sendo o acabamento das bordas frontais das prateleiras em fita  de PVC de 0,45 mm , coladas a quente pelo sistema tipo holt-melt em todo seu perímetro.
  • Rodapé em aço com sapatas reguladoras de nível fixadas através de rebite repuxo ou sapatas reguladoras de nível encaixada e fixada na base através de parafuso permitindo a regulagem da mesma tanto na parte interna como externa do armário.
  • Portas: de abrir com giro de 90º (03 dobradiças em cada porta), em madeira MDF de 18 mm de espessura, revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces.
  • Bordas com acabamento em perfil de PVC em T de 3 mm de espessura, em todo seu perímetro.
  • Fechadura com travamento simultâneo superior e inferior tipo cremona.
  • Portas com chaves e puxador perfil alumínio embutido em toda extensão da porta.
  • Gavetas: volantes. Confeccionadas em MDF 15mm de espessura com deslizamento suave sobre corrediças telescópicas.
  • Frente das gavetas em madeira MDF de 15 mm de espessura, revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces. Puxador perfil alumínio embutido em toda extensão.
  • Acabamento das bordas em fita de PVC de 0,45 mm de espessura, colada a quente pelo sistema holt-melt, em todo seu perímetro.
  • As laterais, fundo, tampo e base inferior são ligados entre si pelo sistema de parafusos bicromatizados.
  • Deverá ser instalado e fixado na lateral direita do baú, na sala de operações.
  • Tomadas para 50 rádios/carregadores, 220 volts padrão brasileiro 2P+T (norma NBR 14136 – ABNT) com identificador de tensão, distribuídas conforme projeto, podendo sofrer alterações durante a análise do protótipo, com fornecimento de mais 02 (dois) adaptadores do padrão novo para o antigo, em cada posição.

 

Balcão com Pia Inox (Copa)

  • Bancada de trabalho em madeira MDF de 18 mm de espessura,
  • revestida em laminado melamínico de baixa pressão texturizado em ambas as faces.
  • Borda frontal e posterior com acabamento em perfil de PVC em T de 3 mm de espessura, em todo seu perímetro.
  • Bordas transversais com acabamento em perfil de PVCem T de
  • 3 mm de espessura, em todo seu perímetro, a ser fixadas a carroceria do veículo, conforme projeto;
  • Esta bancada será adaptada para receber frigobar, bebedouro e cafeteira elétrica;
  • Deverão ser instaladas na bancada ou proximidades, 03 (três) tomadas 220 volts padrão brasileiro 2P+T (norma NBR 14136 – ABNT) com fornecimento de mais 02 (dois) adaptadores do padrão novo para o antigo.
  • Cuba retangular em aço inox e torneira tipo bica móvel e cromada.

 

Rede Elétrica

  • Caixas de tomadas, caixa de interruptores e eletrodutos em aço galvanizado, fiação anti-chama, lâmpadas em Led, reatores e chaves, com ligações bifásicas;
  • Estrutura elétrica desenvolvida para alimentação de equipamentos 110 volts e 220 volts, alimentação externa através da concessionária na rede de baixa tensão 220 volts (duas fases) e 220 volts (três fases).
  • 01 (um) Comando elétrico composto por:
  • Disjuntores bipolares térmicos contra curto- circuitos e sobrecargas de energia, contatos especiais de prata, atende à norma NBR NM 60868, tensão de trabalho 230/440 V, frequência 50/60Hz, temperatura ambiente – 20°C, +50°C, grau de proteção IP 20, IP em painel e fixação de encaixe perfil DIN 35 mm.
  • Chave seletora “Rede Concessionária X Gerador” para três posições “0, I e II”, acionamento manual, contatos fabricados com pastilhas de cobre + prata + óxido de Cadmo, isolamento 600 volts, manopla tipo Knob.
  • Tomada de sobrepor IP 67, blindada à prova de d’água, para receber o cabo de conexão a rede pública.
  • 01 (uma) Extensão para conexão elétrica na rede da concessionária, confeccionada com cabo PP 5 vias, isolamento de composto de PVC flexível com elevada resistência mecânica e flexibilidade, 25 metros de comprimento, sendo uma das extremidades com plug macho IP 67, blindado à prova de d’água.
  • O veículo deverá ser fornecido com dois inversores, com capacidade de converter potência DC para potência AC de acordo com as características a seguir:
  • O local para instalação deverá ser sugerido pela empresa mas de maneira que seja acessível para o motorista e o passageiro ao lado do motorista;
  • Tensão de funcionamento com pequena variação em relação a tensão de entrada;
  • Proteção contra baixa tensão e contra sobretensão;
  • Fusível de proteção;
  • Uma tomada com tensão de saída de 220 V e corrente de 10 A;
  • Eficiência reversora: > 90%;
  • Proteção contra sobrecarga e curto-circuito;
  • Temperatura de funcionamento de: entre -10°C e 50°C;
  • Potência de cada inversor de, no mínimo, 2.500 watts 
  • Pelo menos, 12 (doze) Tomadas 220V a 500mm de altura, em relação ao piso;
  • Luminárias internas com lâmpadas em Led 220 V;
  • Sistema de Automação para Gerenciamento de Engergia
  • Alimentação através da concessionária.
  • Alimentação através do grupo gerador.
  • Monitoramento dos equipamentos eletrônicos.
  • Comando elétrico composto por:
  • Disjuntores bipolares térmicos contra curtos-circuitos e sobrecargas de energia, contatos especiais de prata, atende à norma NBR NM 60868, tensão de trabalho 220/380/440 V, frequência 60Hz, temperatura ambiente -20°C, +50°C, grau de proteção IP 20, IP em painel e fixação de encaixe perfil DIN 35 mm.
  • Tomada de sobrepor IP 67, blindada à prova de d’água, para receber o cabo de conexão a rede pública.
  • Painel de Comando principal, composto por relés seccionadores de tensão, contatores.
  • Painel de Comando secundário (estabilizado), composto por chave disjuntores de proteção, para cada ponto, tipo blindados, curva e potencia de acordo com a demanda de energia de cada tomada e dentro das normas ABNT 5410, para o desligamento simultâneo, parcial ou total do comando.
  • Painel de Comando secundário (não estabilizado), composto por chave disjuntores de proteção, para cada ponto, tipo blindados, curva e potencia de acordo com a demanda de energia de cada tomada e dentro das normas ABNT 5410, para o desligamento simultâneo, parcial ou total do comando.
  • Sistema de visualização de consumo, tensão e frequência, com referencia ao sistema das três opções de entrada de energia, sendo previsto para cada fase de entrada, sistema separado com indicação luminosa, e com leiturasimultânea visual, integrada ao fornecimento de energia original do veiculo.
  • Todas as tomadas, destinadas aos equipamentos, deverão ser de três pinos (110/220 VCA/500W) com terra incorporado, padrão ABNT NBR 14136, conectadas ao sistema de aterramento equipotencializado, a ser dimensionado e instalado pela CONTRATADA conforme NBR-5410 e NBR- 5419, não devendo o valor de resistência do aterramento ser superior a 5 ohms.
  • Deverão ser destinadas dez tomadas, ligadas diretamente no Grupo Motor Gerador, ou seja, que não passarão pelo sistema de nobreak.

 

              Serviços de cabeamento Estruturado

  • Deverá ser montada dentro do baú, toda a estrutura de rede, necessária para comportar os equipamentos.